Internacional

Presidente angolano exonera comandante da polícia e chefe da secreta

João Lourenço continua a arrumar a casa

O recém-empossado Presidente angolano exonerou, esta segunda-feira, o comandante-geral da Polícia Nacional, Ambrósio de Lemos, e o chefe da secreta militar, general António José Maria.

A confirmação foi divulgada hoje pela Casa Civil do Presidente da República, através de comunicado, no qual João Lourenço adiantava que tinha consultado o Conselho de Segurança Nacional antes de levar a cabo da exoneração.

João Lourenço nomeou o comissário-geral Alfredo Mingas e o general Apolinário José Pereira para subsituir Ambrósio de Lemos e António José Maria.