Internacional

Mulher confessa ter afogado os filhos e guardado os ossos durante 20 anos

A mãe diz que matou os quatro filhos recém-nascidos por não ter dinheiro.

No Japão, uma mulher foi detida depois de ter confessado que entre 1992 e 1997 afogou os quatro filhos.

O site japonês Portal Mie conta que as autoridades nipónicas encontraram no apartamento de Mayumi Saito quatro baldes com cimento com sacos de plástico que continham os ossos dos bebés.

“Há mais de 20 anos tive quatro bebés. Coloquei cada um deles dentro de um balde e abandonei os corpos”, confessou a mulher.

Mayumi Saito explicou que matou os bebés porque não tinha dinheiro para cuidar deles: “Permaneci com esse peso desde que tudo aconteceu. Não tinha com quem conversar”.

A mulher entregou-se na esquadra de polícia de Osaka.