Sociedade

Comboios em greve na véspera do feriado

Greve vai condicionar a maior parte da circulação ferroviária

As organizações do setor ferroviário vão manter a greve do dia 30, quinta-feira, véspera do feriado, afirmando que a maior parte da circulação de comboios será afetada.

O dirigente da Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (FECTRANS), José Manuel Oliveira, afirmou à agência Lusa que foram “informados pelo IMT [Instituto da Mobilidade e dos Transportes] de que não há resposta da tutela, não há nenhum elemento novo" e, por isso mantêm "a decisão de avançar com a greve”.

A decisão foi tomada depois da reunião, que decorreu esta terça-feira, com o objetivo de analisar o resultado do encontro com a CP, que teve lugar na segunda-feira.

A greve foi convocada pelas organizações sindicais de várias empresas do setor ferroviário por considerarem que a nova regulamentação para o setor, que entrará em vigor em setembro, “diminui as confissões de segurança”.