Vida

Membros de equipa de combate aos incêndios atropelam lobo ibérico e publicam fotos no Twitter

Atitude foi denunciada por uma associação de proteção da espécie e já foi dada ordem de abertura de inquérito

O Serviço de Proteção da Natureza da Guardia Civil espanhola, anunciou que foi aberto um inquérito, após vários membros de uma equipa de combate aos incêndios – a operar na região de Castilla Y Leon – ter publicado as fotografias que tiraram no Twitter, de um lobo ibérico morto que, aparentemente, parecia ter sido atropelado momentos antes pelas mesmas pessoas.

As imagens foram denunciadas no dia 10 de novembro, pela Associação para a Conservação e Estudo do Lobo Ibérico – ASCEL - de Espanha, que criticou a atitude da equipa.

"Foi para regozijo privado ou público, para recordação pessoal, para fazer uma 'selfie' posando feliz, etc.?", questionou a entidade, referindo-se ao homem fardado que aparece numa das imagens.

O lobo ibérico é uma espécie protegida em toda a Península Ibérica.