Internacional

Rússia rejeita apelo dos EUA para cortar laços com Coreia do Norte

A Rússia acusou Trump de estar a tentar “provocar” Pyongyang.
 

A Rússia rejeitou, esta quinta-feira, o apelo que os Estados Unidos fizeram: cortar os laços diplomáticos e comerciais com a Coreia do Norte, após o último ataque com mísseis.

"A nossa posição é negativa: enfatizamos repetidamente que a pressão das sanções está esgotada e que todas essas resoluções que impuseram sanções implicaram necessariamente retomar um processo político e retomar as negociações", declarou o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergey Lavrov, citado por agências noticiosas russas.