Sociedade

Questão técnica invalida depoimento de suspeito do desaparecimento de Maëlys

Depoimentos iniciais nos quais Lelandais presta declarações contraditórias serão riscados do processo

Questão técnica invalida depoimento de suspeito do desaparecimento de Maëlys

As declarações iniciais de Nordahl Lelandais, o principal suspeito do desaparecimento, há mais de três meses, da criança lusodescendente durante um casamento em França, não vão poder ser usadas no processo.

A decisão é do Tribunal de Instrução de Grenoble que deferiu o recurso de Lelandais, no qual era pedida a nulidade dos depoimentos por estes não terem sido registados em vídeo.

Recorde-se que no seu interrogatório inicial, o suspeito, um antigo militar de 34 anos, entrou várias vezes em contradição acerca do seu contacto com a criança de nove anos durante a festa de casamento da noite em que Maëlys desapareceu, o que alertou as autoridades.

Nordhal Lelandais está em prisão preventiva e continua a alegar a sua inocência, sendo que é o único suspeito do caso até agora.

Os comentários estão desactivados.