Internacional

Polícia detém homem que deixou avó morrer à fome

Suspeito foi detido pelas autoridades


A polícia espanhola deteve um homem, nas Canárias, por ter deixado a sua avó de 89 anos a morrer à fome.

Segundo o El País, o suspeito está a ser acusado por negligência com omissão e auxílio. A polícia encontrou o corpo da idosa num dos quartos, já num estado avançado de decomposição.

O homem terá contado à polícia que estava a viver com a sua avó até esta morrer no dia 17 de novembro, encarregando-se dos cuidados da idosa. No entanto, o jornal Canarias7, o neto deixou de alimentar a avó durante vários dias.

A investigação ainda está a decorrer para esclarecer o que terá acontecido.

Os comentários estão desactivados.