Internacional

“É um Tejo que não faz jus ao seu próprio nome, que já nem é rio”

Com o Tejo reduzido a um fio de água à sua passagem pela província de Guadalajara, a plataforma política Mas de un Ciudano, atualmente com vereadores na câmara da cidade, junto com o humorista conhecido como o Homem Tardio, fizeram um vídeo de protesto para chamar a atenção da opinião pública para a questão de um rio que “não faz jus ao seu próprio nome” e está transformado apenas num ribeiro.

Assim nasceu “Zombis del Tajo”, o vídeo inspirado no “Thriller” de Michael Jackson, filmado numa paisagem que parece de um filme pós-apocalíptico, mas é a paisagem seca do leito do rio Tejo, que à sua passagem por a zona de Sacedón se transforma num fio de água que serpenteia pela aridez do que antes era o seu próprio leito.

Os enviados especiais do i e do SOL falaram, em Guadalajara, com o presidente da plataforma, Jorge Riendas, e com a vereadora Susana Martínez que nos explicaram as razões subjacentes ao vídeo de protesto.