Sociedade

Cantinas Escolares. Equipas de fiscalização já estão nas escolas

Alunos queixaram-se de alimentos crus e pouca comida

O Ministério da Educação criou novas equipas de fiscalização para verificarem as refeições escolares. As equipas já estão nas escolas com o objetivo de reduzirem os problemas e penalizarem quem não cumpre as regras.

Em declarações à Lusa, Alexandra Leitão, secretária Adjunta e da Educação, referiu que tem “havido alguns problemas” relativamente às refeições servidas nas cantinas escolares.

Para isso, foi criado o Plano Integrado de Controlo da Qualidade e Quantidade das Refeições Servidas nos Estabelecimentos de Educação e Ensinos Públicos, com o objetivo de fiscalizar a comida servida aos alunos.

A secretária explicou que este plano permitirá fazer uma “fiscalização apertada ao nível da escola, que conta com a participação da direção da escola e com as equipas” criadas com o propósito de “andar pelas escolas a ver e a fiscalizar”.

É preciso “fazer uma fiscalização apertada para garantir que aquilo que elas (empresas) garantiram que faziam, estão a fazer”, explicou a secretária, afirmando que as zonas mais problemáticas se verificaram em Lisboa e no Porto.