Sociedade

Bonecos de Estremoz classificados Património Cultural Imaterial da Humanidade

Distinção foi atribuída pela UNESCO

A UNESCO classificou os Bonecos de Estremoz como Património Cultural Imaterial da Humanidade. Esta arte popular tem mais de 300 anos.

A distinção foi decidida na 12ª reunião do Comité Intergovernamental da UNESCO. A comitiva portuguesa festejou a atribuição e até exibiu exemplares dos bonecos.

Para a categoria de Património Cultural Imaterial da Humanidade estavam a concorrer 49 candidaturas, sendo que 35 foram aprovadas.

Esta arte popular, que tem mais de 300 anos, tornou-se no primeiro figurado a nível mundial a ganhar a distinção de Património Cultural Imaterial da Humanidade, depois de a Câmara de Estremoz ter apresentado a sua candidatura.

Vários artesão dedicam-se a esta arte, modelando uma figura de barro com base numa técnica com origem no século XVII.