Sociedade

Manuel Machado reeleito para a Associação Nacional de Municípios Portugueses

Com 83% dos votos, o socialista que preside à Câmara de Coimbra continua a ocupar o cargo de preseidente do conselho diretivo da associação

A eleição decorreu no XXIII Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), este sábado, em Portimão. Além do presidente reeleito, o conselho diretivo tem como vice-presidentes Ribau Esteves (PSD), Isilda Gomes (PS), Miguel Costa Gomes (PS), Almeida Henriques (PSD) e Alfredo Monteiro (PCP).

Na mesma ocasião foi também eleita a mesa do congresso, dirigida pelo deputado social-democrata Álvaro Amaro. O autarca da Câmara da Guarda foi também o escolhido para presidir ao conselho-geral, com 85% dos votos. Quanto ao conselho fiscal, Maria das Dores Meira do PCP foi a eleita para o liderar, com 85% dos votos.

A resolução do XXIII Congresso da ANMP foi aprovada por unanimidade entre os delegados que marcaram presença e reflete conclusões de três temas debatidos - a descentralização de competências para as autarquias, as finanças locais e o período pós-2020 dos fundos comunitários.

A sessão de encerramento ficou marcada pelas palavras de Manuel Machado que, segundo a Lusa, dirigiu-se a Marcelo Rebelo de Sousa dizendo que o Estado “não pode continuar afastado das populações em grande parte do território”.

“O Estado e as suas instituições públicas têm que garantir às populações um serviço melhor do que aquele que têm prestado”, afirmou ainda, referindo a importância de o Estado “a confiança das pessoas e das comunidades”.