Sociedade

Presidente da Raríssimas demite-se

Paula Brito e Costa deixou a liderança da associação.

O Expresso avança que a presidente da Raríssimas apresentou a demissão da associação.

Paula Brito e Costa confirmou ao Expresso que se demitia da associação Raríssimas na sequência da polémica denunciada numa investigação da TVI que dava conta de práticas de gestão danosa da instituição.

“A minha presença já está a afetar a instituição e tenho de sair. Esta é uma cabala muito bem feita”, disse a até agora a presidente da Raríssimas.

“Deixo à Justiça o que é da Justiça, aos homens o que é dos homens e ao meu país uma das maiores obras, mas mesmo assim vou, saio. Presa só estou às minhas convicções”, acrescentou.

A presidente e fundadora da instituição é acusada de usar dinheiro da associação em proveito próprio.