Sociedade

Dormir no Porto vai custar mais dois euros a partir de março

Taxa turística foi hoje aprovada pelo executivo liderado por Rui Moreira

Foi dada luz verde à aplicação de uma taxa turística no Porto. A partir de 1 de Março, dormir na Invicta vai custar mais dois euros por noite a todos os hóspedes com mais de 13 anos.

A câmara do Porto aprovou hoje a aplicação da taxa, com a abstenção da CDU que defende que o valor cobrado deve ser de um euro. A CDU, tal como o PS; defendem ainda que a aplicação da taxa só deve ser válida para hóspedes com mais de 18 anos.

A medida entra em vigor em Março mas exclui as reservas efetuadas antes dessa data.

Para o vereador do PSD, Álvaro Almeida, esta é uma taxa “bem definida”, mas que deve ser acompanhada de um alívio para os residentes. “A descida do IRS na cidade do Porto tem sido defendida pelo PSD”, lembra. Além disso, defende a descida dos valores pagos pelos moradores no que toca à estão dos resíduos urbanos, uma vez que parte da taxa aplicada aos turistas será direcionada para a limpeza urbana.

No documento hoje aprovado, Rui Moreira lembra que continuar a assegurar o Porto como destino de referência sustentável" implicará que "os turistas participem no pagamento das utilidades para si geradas pelo município, em limiares comportáveis, garantindo a equidade do valor a pagar, face ao desgaste inerente à pegada turística".