Internacional

Homem morre dentro do metro e ninguém repara

Passageiros pensavam que homem tinha adormecido

DR  

Um passageiro do metro da Cidade do México teve um ataque cardíaco e morreu, sem que ninguém reparasse no que tinha acontecido.

As restantes pessoas da carruagem acharam que se tratava de um passageiro que tinha apenas adormecido.

Só ao fim da noite é que os fiscais, que passavam revista ao comboio, se aperceberam que alguma coisa não estava bem, quando repararam, após vária tentativas para o acordar, que o homem não estava a respirar.

Uma equipa médica foi chamada ao local e declarou o óbito. Segundo os paramédicos, o homem teria morrido há várias horas, embora não fosse adiantada uma hora precisa.

As autoridades não vão investigar o caso, pois a morte do homem, cuja idade rondaria os 70 anos, foi atribuída a causas naturais, segundo o jornal mexicano El Universal.