Sociedade

Raríssimas. Financiamento da associação quadruplicou com atual governo

Valor foi alterado em maio deste ano

O financiamento do estado à Raríssimas, através dos ministérios da Saúde e Segurança Social, aumentou de 287,6 mil euros para 1,211 milhões.

Segundo o Diário de Notícias, o diploma que alterou o financiamento foi publicado em maio deste ano. Assim, a associação passou a receber 1,211 milhões de euros em vez dos 287,6 mil definidos em 2015 pelo governo de Passos Coelho.

No total das verbas, que provinham do Instituto da Segurança Social, da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, entre outros, houve um aumento de 4,2 em relação ao estipulado em 2015.