Politica

Cristas apela a Costa que pague indemnizações dos incêndios

A presidente do CDS afirmou que pelo menos uma indemnização mínima já poderia ter sido paga

Assunção Cristas, presidente do CDS, apelou ao primeiro-ministro para que nesta época de Natal pague, pelo menos, os 70 mil euros de indemnizações às vítimas dos incêndios deste verão.

No jantar de Natal do CDS, Cristas pediu ao primeiro-ministro que nesta época pague pelo menos “os 70 mil euros e pague já, e depois faça a conta do restante, mas ao menos que pague já os 70 mil euros”.

“Seis meses volvidos, é estranho que as pessoas que perderam os seus familiares ainda não tenham visto a indemnização mínima, pelo menos”, afirmou Cristas, pedindo para se pague já o que der.

A líder do CDS referiu-se a 2017 como “um ano doloroso”, devido à tragédia dos incêndios que provocaram mais de 100 mortos.

Costa, na quarta-feira, em Bruxelas, considerou que 2017 “foi um ano particularmente saboroso para Portugal”, relembrando as mudanças feitas no último ano. “A verdade é que podemos olhar para o ano de 2018 já sem receio de sanções, já sem receio de termos de ter novas discussões sobre décimas nominais ou estruturais para o procedimento de défice excessivo e até encarando já com normalidade que o ministro das Finanças português possa ser o próximo presidente do Eurogrupo”, afirmou o primeiro-ministro.