Desporto

Mourinho e Guardiola trocam galhardetes

Derby de Manchester foi no domingo mas a troca de palavras continua. 

Na base das indiretas estão os festejos do City após a vitória em Old Trafford que incomodou os jogadores do United e provocou uma enorme confusão no túnel, relatada por diversa imprensa. "Não gosto que se faça um circo quando se ganha e estamos felizes. Nem gosto de um ambiente de tristeza quando se perde e não estamos felizes", disse o treinador português após a vitória frente ao Bournemouth. 

Sem nunca se referir aos rivais da cidade, Mourinho referiu gostar de "um ambiente emocional equilibrado". O timoneiro dos reds não festejou o golo de Lukaku, acusado de ser o réu na derrota do fim de semana passado. 

"Também não celebrei. Não festejo golos de forma muito entusiástica. Controlo as minhas emoções. Ainda faltava muito tempo depois do golo e em futebol tudo pode acontecer. Não estou a atuar para as câmaras ou para os adeptos".

Em conferência de imprensa, Guardiola respondeu às palavras de Mourinho que acusou o City de perder "o equilíbrio [emocional] muito facilmente". "Quando temos a bola, andamos aos pontapés uns aos outros? Não me parece que isso aconteça no futebol. Não conheço as estatísticas, mas não me parece", defendeu o catalão.