Internacional

Catalunha. Afluência às urnas bate recordes

Pelas 18 horas locais, já votaram 68,3% eleitores catalães. Afluência final pode rondar os 80%. 

A afluência às urnas das eleições especiais catalãs desta quinta-feira cifrava-se pelos 68,3% às 18 horas locais – menos uma em Portugal Continental. Trata-se de um recorde histórico que supera em cinco pontos a quantidade de eleitores que votaram à mesma hora em 2015, ano em que se atingiu uma afluência histórica de 77%.

A afluência e os indecisos vão decidir as eleições desta quinta-feira, em parte porque se considera que não há quase chances de um eleitor alterar o voto entre o bloco unionista e o independentista – segundo o jornal “El País”, a hipótese de alguém mudar de intenção entre eleições ronda os 1%.

O eleitorado é muito imóvel e os indecisos rondavam antes desta quinta-feira os 25% dos eleitores. As sondagens indicam que os eleitores não independentistas estão muito mais indecisos sobre o partido a votar do que os independentistas, o que pode alterar o equilíbrio entre partidos como o PP, o Ciudadanos e os socialistas catalães do PSC.

Em teoria, uma maior afluência pode beneficiar o bloco unionista, uma vez que se considera que o bloco independentista está mais mobilizado. Segundo o “El País”, aliás, a particpação eleitoral nos grandes centros independentistas catalães está mais baixa do que seria de esperar, o que pode revelar-se crucial ao fim do dia.

Até ao momento, não foram registados quaisquer confrontos ou escaramuças. A afluência desta quinta-feira pode atingir os 80% ou mais, segundo algumas sondagens.