Desporto

Cristiano Ronaldo devia estar preso, indica Fisco espanhol

Para o Fisco de Espanha, o craque português já devia estar preso.

Caridad Gómez Mourelo, responsável pela unidade central de coordenação do Tesouro de Espanha, comparou a situação de Cristiano Ronaldo com a de infratores “menores”.

“Temos pessoas na prisão por terem deixado de pagar 125 mil euros”, referiu a responsável citada pelo jornal espanhol El Mundo.

Comparando com a alegada fraude de Cristiano Ronaldo, de 14,7 milhões de euros, refere que este valor representa “uma quantia importantíssima” para o Fisco espanhol.