Sociedade

Marcelo decidirá sobre o veto do financiamento dos partidos "no momento em que entender"

Presidente teve alta este domingo

O Presidente da República agradeceu à equipa médica do centro hospitalar onde esteve internado, afirmando que foi muito bem tratado.

Marcelo aproveitou ainda para desejar as melhoras aos seus colegas que estão internados e lembrou que irá decidir sobre a lei do financiamento dos partidos "no momento em que entender".

“No dia 22 chegou diploma, do dia 26 para 27 verifiquei que era uma lei orgânica e por isso teria de esperar oito dias sem promulgar nem vetar, para permitir que outras entidades, se quisessem, o pudessem levar ao Constitucional. Terminou o prazo. Eu também podia ter pedido a fiscalização ao Tribunal Constitucional, mas entendo que não o devia fazer e tenho até ao dia 11. Hoje é domingo, amanhã é feriado e nos dias úteis que se seguirão decidirei se promulgo ou envio uma mensagem à Assembleia da República a explicar o veto”, referiu o Presidente.

O Chefe de Estado foi operado de urgência a uma hérnia umbilical na passada quinta-feira, no Hospital Curry Cabral, em Lisboa.