LifeStyle

Açúcar pode diminuir drasticamente raciocínio do cérebro

Cientistas da Nova Zelândia encontraram várias provas que concluem que o açúcar é mesmo nocivo para a saúde.

Vários cientistas da Universidade de Otago, na Nova Zelândia, examinaram os diferentes tipos de açúcar que afetam o cérebro e, consequentemente as capacidades cognitivas.

Para a realização do estudo foram testados três tipos de açúcares diferentes: a sacarose, a glicose, a frutose e o adoçante artificial, em 49 pessoas. Os voluntários foram submetidos a simples testes de aritmética e, segundo as conclusões, aqueles que tinham ingerido sacarose e glicose tiveram resultados mais fracos.

"O nosso estudo revela que o 'coma de açúcar' é um fenómeno que existe realmente, quando o nível de atenção diminui após a ingestão de glicose", afirma a autora da investigação, Mei Peng.

No entanto, a investigadora adianta ainda que "são precisos mais estudos para quantificar como diferentes regiões do cérebro se alteram após a ingestão de açúcar”.