Internacional

Pilotos suspensos por violência durante um voo

A Jet Airways já abriu um inquérito interno para averiguar o ocorrido

Dois pilotos da Jet Airways, uma companhia aérea indiana, foram suspensos por alegadamente terem entrado em confrontos físicos durante um voo Londres-Mumbai de ano novo. Um piloto masculino terá saído com a sua parceira da cabine de voo de repente e esbofeteado-a durante uma discussão, deixando os controles do avião. 

O avião transportava 324 passageiros. 

"Um desentendimento entre a tripulação da cabine, mas o mesmo foi resolvido amigavelmente e o voo continuou com a sua viagem para Mumbai, aterrando em segurança", podia ler-se num comunicado da Jet Airways. "A companhia relatou o incidente ao Diretorado Geral da Aviação Civil [indiano] e a respetiva tripulação foi suspensa na sequência de uma investigação interna", acrescenta o documento.

Entretanto, o ministro da aviação civil indiano, Ashok Gajapati Raju, afirmou no parlamento que o governo irá proceder aos necessários trâmites para investigar o incidente. "Uma ação será tomada de acordo com os regulamentos e ninguém será poupado", garantiu.