Desporto

Conte: "Mourinho deve sofrer de demência" (com vídeo)

Treinador do Chelsea cáustico após ser confrontado com declarações do técnico do Manchester United

O caldo voltou a entornar entre Antonio Conte e José Mourinho. As relações entre os treinadores de Chelsea e Manchester United nunca foram as melhores, mas esta sexta-feira parecem ter dado para o torto de vez. Em conferência de imprensa, Conte dirigiu palavras bem ásperas para com o português, que na véspera havia dito não precisar de se comportar "como um palhaço na linha lateral" para continuar a ter paixão pelo jogo.

A imprensa britânica entendeu as palavras de Mourinho como uma indireta para Conte, conhecido pela sua postura enérgica e efusiva no banco, e o técnico italiano não se ficou. "Acho que ele tem de olhar para ele próprio, no passado. Se calhar estava a falar dele antes, não? Por vezes, parece que as pessoas esquecem o que disseram no passado, ou os comportamentos que tiveram. Parece que sofrem de... não sei o nome em inglês... em italiano é demência senil, quando se esquecem de coisas que faziam antes", disparou. Entretanto, o Chelsea garantiu que a palavra que Conte procurava era amnésia; seja como for, o sentido - e principalmente o alvo - era, de facto, Mourinho.

 

 

Mas Mourinho não foi o único a sentir "na pele" a fúria de Conte. Também Arsène Wenger, o longevo treinador do Arsenal, mereceu duras críticas do técnico do Chelsea por ter acusado Hazard de simular um penálti no dérbi entre as duas equipas disputado na quarta-feira. "Se Wenger vir o jogo de novo, devia perceber que teve muita sorte com as decisões do árbitro", realçou Conte, respondendo ainda desta forma quando questionado sobre o facto de outros treinadores falarem sobre o Chelsea: "É muito estranho, porque eu não gosto de falar de outros treinadores e jogadores. Acho que tem de haver uma forma de respeito e, repito, por vezes Wenger esquece que nos nossos últimos jogos com o Arsenal terminámos com dez jogadores. Quando venceram a Taça de Inglaterra e a Supertaça, acho que as decisões dos árbitros foram um bocado estranhas, percebem?".

Entretanto, durante a tarde desta sexta-feira os blues anunciaram a contratação de Ross Barkley. O médio ofensivo de 24 anos assinou por cinco épocas e meia com o Chelsea, que deverá pagar cerca de 17 milhões de euros ao Everton pela transferência. Barkley ainda não fez qualquer jogo esta temporada, devido a uma lesão muscular numa coxa contraída em agosto, e deixa assim o clube onde se formou e que representou por 179 ocasiões desde 2011.