Desporto

“Se a bola batesse na cara, o Coentrão não disputava o lance seguinte”

Rui Vitória voltou a comentar o lance do dérbi.

O dérbi da passada quarta-feira ficou marcado por vários lances polémicos. Um deles envolveu Fábio Coentrão que alegadamente jogou a bola com a mão dentro da área sem que o árbitro tivesse assinalado penálti.

Para o treinador do Benfica, se Coentrão tivesse levado com a bola na cara, como os sportinguistas alegam, tinha caído no relvado dada a força do remate.

“Vocês imaginam que aquela bola na cara Fábio Coentrão, se fosse efetivamente na cara não ficava o símbolo da Nike marcado ou o jogador não ficava dois minutos no chão?”, referiu o técnico do Benfica.

“A um metro, com a bola àquela velocidade, não estava a disputar o lance a seguir. Um árbitro se tivesse de decidir por si mesmo via logo que era penálti, porque ninguém fica em pé num lance daqueles”, acrescentou.