Sociedade

Retomadas buscas para encontrar corpo de pescador desaparecido em Cascais

O homem caiu este sábado a uma falésia, junto ao Farol da Guia, em Cascais.

De acordo com o capitão do porto de Cascais, Pereira da Terra, em declarações à Lusa, as buscas foram retomadas este domingo, pelas 07h30.

As buscas irão decorrer por terra, por mar e pelo ar, com maior incidência na maré-baixa, que ocorrerá cerca das 12h30, pois assim “a visibilidade é melhor junto à costa”, refere a mesma fonte.

No local, para a realização das buscas, encontram-se vários elementos da Polícia Marítima e dos Bombeiros Voluntários de Cascais, da PSP, a corveta da Marinha João Roby e um avião da Força Aérea.

O homem tinha 56 anos e morreu após cais de ma falésia. De imediato foram desencadeadas operações de resgate ao corpo, mas devido ao estado do mar nada foi possível fazer.

O porta-voz da Marinha indicou que o pescador escorregou da falésia, foi levado por uma onda, bateu nas rochas e caiu no mar, tendo as buscas envolvido os Bombeiros Voluntários de Cascais e uma embarcação salva-vidas por mar, numa operação coordenada pela Capitania do Porto de Cascais.