Desporto

Liga inglesa. O primeiro tropeção do City chegou ao fim de 22 jogos

Já sem Philippe Coutinho nas contas, o Liverpool tornou-se na primeira equipa a derrotar na liga, esta época, os comandados de Pep Guardiola

Depois de 22 jornadas irrepreensíveis no campeonato inglês, o Manchester City sofreu a sua primeira derrota. Este domingo, em Anfield, o Liverpool tornou-se oficialmente na primeira equipa da liga inglesa a derrotar esta época os comandados de Pep Guardiola, ao vencer os blues de Manchester por 4-3.
Sem o brasileiro Philippe Coutinho nas contas, que se transferiu para o Barcelona há cerca de uma semana, os comandados de Jürgen Klopp entraram com a missão bem definida. Chamberlain deu vantagem aos homens da casa à passagem do minuto 8, mas o City só recolheria ao balneário com o empate restabelecido, aos 40 minutos, por Sané.
A pausa trouxe os reds com a mesma vontade de vencer e num intervalo de 10 minutos, mais precisamente do minuto 59 ao 68, o Liverpool fez três golos, assim, de rasgada. Primeiro, Firmino, depois, Mané e, ainda Salah, o egípcio desejado pelo Real Madrid. 

Bernardo Silva em destaque em final louco Com o jogo aparentemente resolvido (4-1), Guardiola decide mexer: saiu Sterling, avançou o internacional português Bernardo Silva. O ex-Benfica conseguiu reduzir, ao marcar o segundo para os citizens, ao minuto 84, num momento em que o City tentava de tudo para chegar ao empate. Minutos finais de verdadeira asfixia para o Liverpool, com Gundogan a conseguir reduzir a diferença para a margem mínima já em cima do minuto 90. A partir daí, foram mais cinco minutos de compensação verdadeiramente loucos no reduto do Liverpool, com o City a não conseguir, contudo, chegar à igualdade e, consequentemente, evitar o primeiro tropeção na prova. Contas feitas, e apesar do primeiro desaire, Pep Guardiola segue a liderar com 62 pontos, mais 15 que o Manchester United de José Mourinho, que entra hoje em campo para medir forças com o Stoke City numa partida que fecha a 22.ª ronda da Premier League. De notar que, com o triunfo, o Liverpool sobe ao terceiro lugar, com os mesmos 47 pontos que o Chelsea, quarto da tabela, e, atenção, para já, também com os mesmos pontos que os red devils.