Tecnologia

Porno em apps infantis do Google Play

Alerta é dado pelo maior fabricante mundial especializado em cibersegurança

Uma equipa de investigadores da Check Point Software Technologies, o maior fabricante mundial especializado em cibersegurança, descobriu que existe um código malicioso na Google Play Store.

O Adult Swine esconde-se em cerca de 60 apps de jogos infantis, que, segundo a Check Point, já somam entre três a sete milhões de downloads.

De acordo com um comunicado da Check Point, este malware pode mover-se  “lateralmente dentro do telefone, abrindo a porta a outras ameaças, como o roubo de credenciais de utilizador”.

Este código malicioso espera que o utilizador que fez o download de uma das apps em causa desbloqueie o ecrã para iniciar o ataque, a partir daí, o malware pode funcionar de três formas distintas:

- Apresentar pornografia ou anúncios inapropriados sem qualquer aviso prévio;

- Assustar os utilizadores por forma a fazer com que estes instalem aplicações de segurança “desnecessárias e danosas”. “Em primeiro lugar, mostra um anúncio que afirma que um vírus infetou o dispositivo. Ao selecionar a ação "Eliminar Vírus Agora", o utilizador é direcionado para outra aplicação do Google Play, que na realidade é mais um malware”, refere o comunciado;

- O AdultSwine cobra às vítimas serviços fradulentos que o utilizador não requisitou. “O malware mostra uma janela pop-up publicitária, afirmando que o utilizador acaba de ganhar um iPhone e que o seu número de telefone é necessário para recolher o prémio. Se o introduz, o utilizador começa a receber SMS de valor acrescentado de forma constante, que aparecem depois cobrados na fatura mensal”, lê-se no documento.

Para saber mais sobre o AdultSwine, clique aqui