Internacional

Papa Francisco teme uma guerra nuclear: “Estamos no limite. Tenho muito medo”

O Papa vai visitar o Chile e o Peru durante os próximos dias 

O Papa Francisco manifestou, perante a comunicação social, a caminho do Chile onde estará nos próximos dias, que teme uma guerra nuclear, uma vez que os conflitos nucleares têm vindo a aumentar nos últimos meses.

Quando questionado pelos jornalistas sobre esta questão, o Papa afirmou estar bastante inquieto e preocupado com a situação: "Penso que estamos num limite. Tenho muito medo disso. Um incidente apenas pode ser suficiente para precipitar as coisas”, referiu Francisco a bordo do avião. 

“É preciso eliminar as armas nucleares, trabalhar pelo desarmamento”, acrescentou ainda o Papa.