Internacional

Guiné-Bissau. Sissoco Embaló exonerado do cargo de primeiro-ministro

Umaro Sissoco Embaló esteve 15 meses no cargo


O presidente da Guiné-Bissau exonerou esta terça-feira Umaro Sissoco Embaló do cargo de primeiro-ministro.

O decreto presidencial, citado pela agência Lusa, revela que José Mário Vaz aceitou o pedido de demissão apresentado por Sissoco Embaló no passado dia 12.

Ainda não se sabe quem irá substituir Umaro Sissoco Embaló, que assumiu o cargo de primeiro-ministro daquele país durante 15 meses.

No decreto, a presidência refere que está em diálogo com várias forças da sociedade guineense, por forma a encontrar uma saída da crise política que se vive no país.

Os comentários estão desactivados.