Vida

Mexicano que vivia nos EUA há 30 anos foi deportado | Vídeo

Jorge Garcia só poderá voltar a viver em território americano daqui a cerca de dez anos.
 

Jorge Garcia vivia nos Estados Unidos há 30 anos e foi deportado, esta segunda-feira, para o México. O homem tinha sido levado ilegalmente para os EUA quando tinha apenas dez anos de idade e agora foi obrigado a regressar ao seu país de origem, deixando os filhos e a mulher para trás.

Jorge Garcia foi acompanhado por dois agente de imigração até ao aeroporto de Detroit, antes de seguir para o México, mas já tinha uma ordem de deportação desde 2009, mas estava suspensa durante a presidência de Barack Obama. Desde essa altura que estava a tentar arranjar forma de conseguir continuar a residir no país, mas com as políticas anti-imigração de Trump, Jorge foi obrigado a voltar para o México.

Recorde-se que, no início do ano passado, Donald Trump emitiu uma ordem executiva ampliando as prioridades de deportação, alegando que as medidas são necessárias para proteger a segurança nacional.

Jorge Garcia, mexicano, e a mulher, que tem cidadania americana, estão casados há 15 anos e tentaram legalizar a sua situação em 2005, mas acabaram por ter de enfrentar um processo de deportação, revela a ABC News.

"Sinto-me triste. Tenho de deixar a minha família para trás, sabendo que eles provavelmente terão dificuldades em lidar com isso. Não sei quanto tempo não estarei cá para os ajudar. É difícil", declarou Garcia, citado pelo Detroit News.

Este homem pode ter de esperar cerca uma década para voltar aos EUA.