Politica

Verdes querem acabar com pratos, talheres e copos de plástico

Partido Ecologista quer proibir a sua comercialização

Os Verdes, o Partido Ecologista, pretendem proibir a comercialização destes utensílios, uma vez que são feitos à base de petróleo, tendo já sido entregue na Assembleia da República um projeto de lei para esse mesmo efeito.

O PEV explica, em comunicado, que se trata de uma medida urgente, por “vivermos numa sociedade cada vez mais inundada de objetos descartáveis e de consumo rápido, que lança diariamente milhares de toneladas de resíduos não biodegradáveis para o meio ambiente, o que resulta em níveis de poluição descontrolados e bastante preocupantes”.

Relativamente ao material utilizado, o plástico, este demora a “degradar-se, podendo na maioria dos casos permanecer durante décadas ou mesmo séculos, invadindo o ambiente e os ecossistemas”, podendo, posteriormente, chegar aos alimentos dos humanos.

O assunto será debatido, em plenário, no dia 2 de fevereiro.