Internacional

Casa dos horrores. Pais afirmam que são inocentes

Pais foram acusados esta sexta-feira de tortura e sequestro

Os pais das 13 crianças que foram resgatadas com indícios de tortura, foram esta sexta-feira presentes a tribunal, tendo afirmado que são inocentes.

Os pais foram acusados de tortura, sequestro, maus-tratos e negligência, mas ainda poderão ser acusados de mais crimes.

A próxima audiência está marcada para dia 23 de fevereiro e caso todas as acusações sejam provadas contra os arguidos, poderão ser condenados a uma pena de prisão que irá rondar entre os 94 anos e prisão perpétua.

Recorde-se que os 13 irmãos foram encontrados no domingo, em cativeiro, alguns estavam acorrentados, sujos e esfomeados. As autoridades conseguiram resgatar as crianças depois de uma das vítimas, uma rapariga de 17 anos, ter conseguido fugir e contactado a polícia.