Vida

Passou um asteróide muito perto da Terra e ninguém se apercebeu

Ontem, o asteróide 2018 BD passou a 35.406 quilómetros da Terra e ninguém se apercebeu


Sabia que o nosso planeta costuma ser ‘visitado’ por asteróides e que muitas vezes nem nos apercebemos dessas ‘visitas? Foi o que aconteceu na passada quinta-feira.

Ontem, o asteróide 2018 BD passou a 35.406 quilómetros da Terra e ninguém se apercebeu. Só passadas sete horas é que o programa norte-americano de monitorização, o Catalina Sky Survey, detetou a passagem deste asteróide, lê-se no site CNET.

O asteróide foi considerado por vários meios de comunicação “potencialmente perigoso”, o que mostra a necessidade de melhorar os nossos sistemas de monitorização. Mas, segundo o CNET, este asteróide não tem dimensões para ser considerado perigoso. “Mesmo que estivesse em vias de colidir com a Terra, o mais provável era que grande parte ardesse na atmosfera”, refe o mesmo site.

Mesmo que não representem perigo para o nosso planeta, os asteróides podem chocar com satélites posicionados na órbita da Terra, o que provoca lixo espacial e prejudica sistemas como o Catalina Sky Survey.

Os comentários estão desactivados.