Sociedade

'Supernanny' perde o principal patrocinador

Corine de Farme diz que formato não é "compatível" com a imagem da empresa

O programa da SIC ‘Supernanny’ perdeu o seu principal patrocinador. A marca Corine de Farme desistiu de apoiar o programa por não considerar o formato “compatível” com a imagem da empresa.

Na semana passada, a gestora de produto e comunicação da Corine de Farme, Sara McLeod, disse à revista Visão que “o tumulto social em torno do mesmo não é compatível nem com a imagem da nossa empresa, nem com os nossos objetivos comerciais”, revelando que a empresa estava a ponderar retirar o apoio do programa, mas mostrando-se disponível para continuar a trabalhar com a SIC noutros formatos.

Hoje, o site Meios e Publicidade confirmou que a o patrocínio acabou. “Confirma-se. Já não iremos patrocinar mais nenhum episódio deste programa”, disse Sara McLeod.

Recorde-se que o programa ‘Supernanny’ tem gerado muita polémica: a Comissão Nacional de Proteção de Direitos das Crianças e Jovens, a Unicef e o Instituto de Apoio à Criança recomendou que o programa fosse cancelado. Nas redes sociais, as opiniões dividem-se: uns defendem o formato, dizendo que ajuda os pais a perceber como lidar com os filhos, enquanto outros criticam a exposição a que as crianças são sujeitas.