Desporto

Argentina. Aimar despediu-se oficialmente (com vídeo)

Três anos depois de deixar o River Plate, El Mago voltou a fazer um jogo oficial, alinhando com o irmão num jogo da Taça no clube da terra natal

Pablo Aimar despediu-se oficialmente dos relvados esta madrugada. Aos 38 anos, e três anos depois de ter atuado pela última vez com a camisola do River Plate, o antigo jogador do Benfica aceitou o pedido do Estudiantes de Río Cuarto, o clube da sua terra natal, para competir pela equipa na segunda mão da primeira eliminatória da Taça da Argentina.

Também conhecido como El Mago, o internacional argentino alinhou 50 minutos, altura em que saiu, merecendo uma ovação de pé de todo o estádio - depois de entregar a braçadeira de capitão ao irmão Andrés (que em 2008/09 passou fugazmente pelo Estoril).

O Estudiantes acabou por ser eliminado - o encontro terminou 0-0 e a equipa de Río Cuarto havia perdido por 2-1 na primeira mão -, mas Aimar acabou a sorrir. "Foi bom. Não passámos, mas foi uma boa festa para quem assistiu. Para ver, desfrutar. Podia calhar bem ou não. Para mim sim, porque consegui jogar com o meu irmão. Gostava de ter ganho, mas o futebol é assim", referiu o antigo médio encarnado (ídolo de Lionel Messi), que a partir de agora passará a focar-se exclusivamente em treinar a seleção sub-17 da Argentina.