Sociedade

Sobreviventes de cancro podem vir a trabalhar só 30 horas por semana

A petição vai a votação no Parlamento.

Uma petição que quer que os sobreviventes de cancro trabalhem só 30 horas por semana vai a votação no Parlamento, escreve o Público.

O texto da petição, que circula há cerca de dois anos, pede que os sobreviventes de cancro que tenham feito quimioterapia e radioterapia fiquem com horários de trabalho reduzidos assim como reformas antecipadas.

A petição “A favor do justo tempo de serviço do sobrevivente oncológico” prevê que os sobreviventes de cancro trabalhem 30 horas por semana, em vez das 40 horas, e que se reformem após 30 anos de serviço ou 60 de idade.

A proposta foi feita por uma professora de ensino secundário e já reuniu perto de 23 mil assinaturas. Será ouvida na Comissão de Trabalho e Segurança Social na próxima quarta-feira.