Sociedade

Lista de riscos em discotecas terminada até final do mês

O ministro da Administração Interna realçou que as medidas decididas no seguimento dos espancamentos do Urban abriram um precedente

Até ao final do mês a lista de situações de risco em discotecas pelo país fora está concluída. É este o prazo que o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, revelou no XVI Congresso da Associação Nacional de Freguesias. 

"Até ao final deste mês teremos esse levantamento relativamente a todo o país", disse. Em causa estão situações como as que se assistiu na discoteca Urban Beach, em Lisboa, em novembro, quando seguranças espancaram dois jovens à porta do estabelecimento. 

Referindo-se à reabertura da discoteca, o ministro afirmou que "a PSP, feita a avaliação, considerou que estavam reunidas plenamente todas as condições de segurança". Ainda assim, Cabrita realçou que a ação tomada abriu um precedente. "O que é mais importante é que, pela primeira vez, foi tomada ação", garantindo, depois, que "irão ser adotadas novas regras com caráter generalizado, visante o que é uma prioridade para os portugueses". E concluiu que Portugal é "um dos países mais seguros do mundo".