Sociedade

Governo já tomou medidas para combater poluição no rio Tejo

Medidas visam reduzir a curto prazo poluição do rio

Com o objetivo de combater a poluição no rio Tejo e dando seguimento ao determinado por João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente, no sábado foram destacados seis camiões cisterna para aspirar as espuma acumulada no rio.  “Esta ação, embora não resolva o problema de poluição, visa reduzir o impacto visual e impede, sobretudo, que a poluição se desloque para jusante”, refere a nota do gabinete do ministro do Ambiente.

A mesma nota refere ainda que foi aspirado cerca de 158m3 de espuma e que esta foi encaminhada para a ETAR de Vila Nova da Barquinha.

“No domingo, 28, com o intuito de aumentar a produtividade, foi destacado um barco do Corpo de Bombeiro de Abrantes para proceder ao direcionamento da espuma para a zona de aspiração”, mas por volta das 16h a espuma formada era resultado da “agitação e oxigenação da água” pelo que os meios foram desmobilizados por volta das 17h.

O caudal turbinado nas barragens do Fratel e Belver foi acompanhado e, ontem, foram ainda criados “dois novos pontos de amostragem” e “aumentada a periodicidade de monitorização da qualidade da água, entre Perais e Belver, passando esta a ser diária”.