Sociedade

Hospital Santa Maria volta a ter consultas de interrupção da gravidez

As consultas foram suspensas por falta de enfermeiros

Esta quinta-feira são retomadas as consultas de interrupção de gravidez no Hospital Santa Maria em Lisboa, avança a Lusa. Até agora as ditas consultas estavam suspensas por falta de enfermeiros especializados em saúde materna e obstetrícia.

Carlos Martins, presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHLN), que integra o Santa Maria, tinha já dito à agência noticiosa que a interrupção esteve associada a uma "menor capacidade de respostas aquando do movimento dos enfermeiros especialistas" em saúde materna e obstetrícia que se recusaram a fazer funções na área da especialidade por não serem pagos como tal. Nessa altura, o presidente tinha avançado que as consultas retomariam em meados de janeiro, mas fonte oficial do hospital confirma que é esta quinta-feira que voltam a ser feitas.

Durante o tempo em que as consultas estiveram suspensas, o Hospital Santa Maria encaminhou as mulheres grávidas que precisavam de uma interrupção da gravidez para uma clínica privada, suportando os custos da instituição. A CHLN afirma que esta decisão tinha como objetivo "garantir a segurança, assegurar uma resposta em tempo útil e com qualidade e evitar colocar a grávida em situações de risco, não esquecendo também a natural proteção aos profissionais"