Sociedade

Ryanair obrigada a indemnizar passageiro devido a atraso em Lisboa

A companhia de baixo custo terá de pagar 250 euros a um passageiro que viajava entre Lisboa e Porto.

O Tribunal obrigou a Ryanair a pagar uma indemnização de 250 euros a um passageiro que fazia a ligação entre Lisboa e Porto cujo voo se atrasou em mais de quatro horas.

O voo em causa fazia a ligação entre Lisboa e Porto no dia 10 de maio.

O atraso deveu-se a uma falha no abastecimento de combustível no Aeroporto de Lisboa.