Sociedade

Luís Filipe Vieira reage à Operação Lex: "Estou de consciência totalmente tranquila"

Presidente do Benfica foi constituído arguido

Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, é um dos 13 arguidos na Operação Lex. O presidente já reagiu através de um comunicado ao caso.

Vieira afirma estar de “consciência tranquila” e que não praticou “qualquer ilícito” que lhe “possa ser imputado”.

Aqui fica o comunicado na íntegra:

"No decurso desta semana, o meu nome tem sido associado a um processo judicial que tem alimentado as mais diversas especulações, algumas já desmentidas, sobre factos respeitantes há minha vida pessoal e enquanto Presidente do Sport Lisboa e Benfica.

Afirmo, de forma peremptória, que estou de consciência totalmente tranquila. Não pratiquei qualquer ilícito que me possa ser imputado. É, aliás, com enorme estupefacção que vejo o meu nome associado a este processo.

Nunca, ao longo dos meus sucessivos mandatos como dirigente e Presidente do Sport Lisboa e Benfica, confundi ou misturei a minha vida pessoal e profissional com a instituição Sport Lisboa e Benfica.

As minhas origens nunca estarão em causa. Sou o mesmo de sempre que chegou ao Benfica, há 18 anos. Agora com mais cabelos brancos.

Confio na Justiça. Espero e exijo dela a pronta reposição e esclarecimento da verdade, para o qual manifesto a minha total disponibilidade.

Quero transmitir a todos os meus amigos, a todos os benfiquistas e aos portugueses em geral que nada temo e que estou tranquilo porque estou seguro da minha conduta em todos os domínios da minha vida.

Por último, reafirmo que serei intransigente e determinado na defesa do prestígio, imagem e futuro do Sport Lisboa e Benfica.

Lisboa, 2 de fevereiro de 2018".