Internacional

Maria Vieira volta a 'atacar'. Desta vez, o alvo é o Papa

“Que este Papa é comunista e grande amigo e admirador dos ditadores socialistas da Venezuela, de Cuba, da Bolívia, entre outros, já toda a gente sabia"

DR  

A atriz Maria Vieira voltou a usar a sua página no Facebook para partilhar a sua opinião. Desta vez, a crítica foi dirigida ao Papa Francisco.

A artista partilhou o link de uma notícia que tem como título “Papa recebeu carta de vítima que descrevia abusos por parte da Igreja chilena” e descreveu o líder da Igreja Católica como “admirador de ditadores socialistas”, atacando a sua “conivência” para com os alegados crimes.

“Que este Papa é comunista e grande amigo e admirador dos ditadores socialistas da Venezuela, de Cuba, da Bolívia, entre outros, já toda a gente sabia; que o senhor apoia e proteje o Islamismo, também toda a gente sabe, mas esta revelação é bem mais grave e coloca em causa a conivência deste homem que devia ser de Deus, com o terrível crime de pedofilia, expondo desta forma o aparente conluio que ele tem com a Nova Ordem Socialista, Islâmica, Pervertida e Totalitária que pretende tomar conta do mundo”, ecsreveu a atriz.

“Felizmente ainda tem gente de bem que luta contra esta gente do mal e no final o BEM haverá de vencer o MAL, como sempre acaba por acontecer. Que Deus nos proteja a todos”, concluiu.