Sociedade

Tribunal de Relação rejeita afastamento de Carlos Alexandre

Recurso de José Sócrates para afastar juiz foi rejeitado

O Tribunal de Relação de Lisboa rejeitou o recurso de José Sócrates para a afastar o juiz Carlos Alexandre da Operação Marquês.

Segundo a Lusa, o Tribunal recusou o recurso que falava na incompetência do Departamento Central de Investigação e Ação Penal e do Tribunal Central de Instrução Criminal e ainda da caducidade do exercício da ação penal.

O Tribunal considerou ainda que não houve violação das regras dos processos e o pedido por parte da defesa para declarar inválido o processo por violações da publicidade interna e do segredo externo também foi recusado.

A operação Marquês tem 28 arguidos, entre eles José Sócrates – ex-primeiro ministro – que está a ser acusado de 31 crimes, entre os quais corrupção passiva de titular de cargo político, branqueamento de capitais, falsificação de documentos e fraude fiscal qualificada.