Internacional

Donald Trump sente "grande compaixão e compreensão" por mulheres, defende assessora

Assessora refuta críticas devido a publicação em que Trump afirma que a  "vida das pessoas está a ser destruída por simples acusações".


O comentário sugere a defesa do Presidente de dois funcionários da Casa Branca que se demitiram na sequência de acusações de violência doméstica por parte das ex-mulheres. Trump não nomeou a quem se dirigia mas a publicação gerou fortes críticas.

"Este é um homem que mostra uma grande compaixão e compreensão pelas mulheres em muitos temas diferentes. Francamente, não poderia trabalhar ali se não fosse esse o caso, poderia estar em dezenas de outros lugares por muito mais dinheiro", declarou a assessora Kellyanne Conway à ABC. 

"O Presidente acredita que é preciso ver todos os lados", explicou, recordando que Donald Trump sempre disse o mesmo aquando de incidentes relacionados com ele. O inquilino da Casa Branca foi acusado por, pelo menos, 16 mulheres de ter tido uma conduta imprópria, alegações que a sua equipa sempre apontou de falsas.

Conway afirmou que as mulheres que acusaram Trump já tiveram tempo suficiente de antena, pedindo para se mudar de assunto. A Casa Branca tem-se distanciado do moviment "Me Too", que despertou um intenso debate sobre a relação entre o poder e os abusos sexuais nos Estados Unidos e daí para o resto do mundo.