Sociedade

Operação BCA. PJ detém três pessoas por contrafação de moeda

Detidos são dois homens e uma mulher
 

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção, uma mulher e dois homens, com idades compreendidas entre os 21 e os 55 anos, por se dedicarem à contrafação de moeda.

No âmbito desta investigação, que teve início há cerca de seis meses, apurou-se que o trio terá sido responsável pela “contrafação de milhares de notas, maioritariamente de € 20 e € 50, tendo a respetiva passagem incidido especialmente em Portugal e Espanha. No entanto, foram detetadas notas correspondentes a esta contrafação em mais 8 países europeus: Alemanha, França, Itália, Áustria, Bélgica, Estónia, Holanda e Suíça.”, indica a PJ, em comunicado.

Na sequência desta investigação foram realizadas nova buscas – domiciliárias e não domiciliárias – onde foram apreendidas 1131 notas de 20 euros, 401 notas de 50 euros, 49 notas de 500 euros, um total de 67.170 euros.

Além do dinheiro, foram também apreendidas “guilhotinas, cunhos e respetiva prensa, rolos de fita holográfica, computador e impressoras, além de consumíveis diversos e ficheiros informáticos, relacionados com esta atividade ilícita.”, refere a mesma nota.

A operação foi conduzida por investigadores da Dirección General de la Policia, pela Brigada de Investigación do Banco de Espanã e contou também com a colaboração da Europol.

Os três detidos vão ser presentes esta sexta-feira, no Tribunal Judicial de Elvas, para primeiro interrogatório judicial.