Internacional

Moçambique. Desabamento de montanha de lixo mata pelo menos 14 pessoas

Cinco casas ficaram destruídas.

O desabamento de uma montanha de lixo na zona de Maputo, Moçambique, fez 14 vítimas mortais, avança a RTP. As autoridades acreditam que pode haver mais vítimas debaixo dos escombros.

A montanha de lixo caiu em cima de várias habitações durante a madrugada, destruindo cinco casas. O desabamento deveu-se à chuva intensa que caiu durante a noite.

A lixeira de Hulene fica a cerca de sete quilómetros de Maputo e é a maior da capital moçambicana.

Muitas famílias pobres vivem junto à lixeira.