Economia

ERSE recebeu menos reclamações em 2017

O setor da eletricidade foi o que recebeu mais reclamações, com 62% das queixas

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) recebeu 24855 reclamações e pedidos de informação em 2017, menos 4% do que no ano anterior.

Devido à dimensão do mercado que conta com cerca de seis milhões de clientes, o setor da eletricidade foi o que recebeu mais reclamações, com 62% das queixas. Os temas que se destacam são relativos à faturação (8662) e ao contrato de fornecimento de energia (3073).

O setor do gás natural representou 10% das reclamações e o fornecimento dual (eletricidade e gás natural) revelou uma tendência crescente e teve 19% das queixas.

A ERSE revelou ainda que, a partir de 1 de julho de 2017, o número de reclamações e pedidos de informação relativos aos setores dos combustíveis e do GPL canalizado aumentaram e representaram 5% do valor total.