Round2_SOL

Amaral Tomaz suspende funções no conselho de administração da CGD

A informação foi divulgada em comunicado pelo banco.

João José Amaral Tomaz solicitou a suspensão do seu mandato como membro não executivo do Conselho de Administração da Caixa Geral de Depósitos, por motivos de saúde. A informação foi divulgada em comunicado pelo banco.

“A suspensão do mandato foi concedida pelo Conselho Fiscal pelo período de 90 dias eventualmente renovável, a contar de 22 de feveiro de 2018”, pode ler-se no documento.

Amaral Tomaz foi para a administração da Caixa em março do ano passado, depois de, um ano antes, ter saído de administrador do Banco de Portugal. Foi ainda secretário de Estado dos Assuntos Fiscais entre 2005 e 2008.