Sociedade

Garraiada na Queima das Fitas de Coimbra vai a referendo

Continuidade da garraiada vai a referendo no dia 13 de março

Segundo um comunicado divulgado esta quinta-feira pela comissão organizadora da Queima das Fitas, “o futuro da Garraiada da Queima das Fitas, este ano, será objeto de decisão”. A continuidade do evento irá a referendo no próximo dia 13 de março.

A estrutura do evento sofreu alterações em 2016: manteve a “sua essência tauromáquica”, mas “a vertente da lide do touro, a pé e a cavalo” foi retirada.

“Para o ano 2018, a Comissão Central da Queima das Fitas decidiu por unanimidade propor a abolição da Garraiada como evento tradicional da festa. Face a esta oposição, o Conselho de Veteranos e a Associação Académica de Coimbra, entidades tutelares da Queima das Fitas, acordaram na realização de um referendo aos estudantes da Universidade de Coimbra sobre a Garraiada”, pode ler-se no documento.

O referendo irá realizar-se no próximo dia 13 de março.