Internacional

Coreia do Norte está a ajudar regime sírio a produzir armas químicas

Investigadores das Nações Unidas apresentaram um relatório onde mostram o envolvimento de Pyogyang na guerra na Síria

Um relatório apresentado ao Conselho de Segurança das Nações Unidas revela que a Coreia do Norte tem enviado para a Síria materiais que estão a ser usados para a produçãod e armas químicas.

O documento, citado pelo New York Times, refere que os materiais em causa são telhas resistentes a ácidos, válvulas e termómetros – o relatório assegura que, entre 2012 e 2017, houve 40 carregamentos destes materiais que não foram registados.

O relatório refere ainda que foram vistos técnicos norte-coreanos a trabalhar em instalações sírias, onde, supostamente, são produzidas aquelas armas.

Esta ligação traz benefícios para os dois países: permite a Bashar al-Assad continuar a produzir estas armas e a Kim Jong-Un receber dinheiro para financiar o programa nuclear.

Recorde-se que o regime sírio voltou esta semana a ser acusado de usar armas químicas contra civis – no domingo passado, terão sido usadas bombas com cloro, denunciaram os grupos de resistência em Ghouta Oriental, que tem sido bombardeado nos últimos dias. Segundo a agência Reuters, está a ser realizada uma investigação para perceber veracidade das acusações.

Para ler o artigo do New York Times, clique aqui.